Resenha: "O Iluminado" de Stephen King

sexta-feira, dezembro 23, 2016

"Coisas terríveis acontecem no mundo, e são coisas que ninguém pode explicar"



Mais uma vez trazemos a vocês, caros leitores, uma nova resenha. Dessa vez, apresentaremos sobre a obra O Iluminado, do mestre do terror, Stephen King. 
Esperamos que gostem!


Sinopse: A luta assustadora entre dois mundos. Um menino e o desejo assassino de poderosas forças malignas. Uma família refém do mal. Nesta guerra sem testemunhas, vencerá o mais forte. Danny Torrance não é um menino comum. É capaz de ouvir pensamentos e transportar-se no tempo. Danny é iluminado. Será uma maldição ou uma bênção? A resposta pode estar guardada na imponência assustadora do hotel Overlook. Em O iluminado, quando Jack Torrance consegue o emprego de zelador no velho hotel, todos os problemas da família parecem estar solucionados. Não mais o desemprego e as noites de bebedeiras. Não mais o sofrimento da esposa, Wendy. Tranquilidade e ar puro para o pequeno Danny livrar-se das convulsões que assustam a família. Só que o Overlook não é um hotel comum. O tempo esqueceu-se de enterrar velhos ódios e de cicatrizar antigas feridas, e espíritos malignos ainda residem nos corredores. O hotel é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança. É uma sentença de morte. E somente os poderes de Danny podem fazer frente à disseminação do mal.

​​Resenha

Uma história bastante interessante e indicada para aqueles que adoram mistérios e suspense, O Iluminado trata-se, inicialmente, da vontade de superação Jack Torrance, um escritor e ex-professor alcoólatra, que na tentativa de livrar-se desse passado que ainda o perturba, e sustentar sua família, consegue o emprego como zelador de inverno no luxuoso e antigo hotel Overlook, principal cenário da trama.

Muda-se então para o local com sua esposa, Wendy, e seu filho Danny, aparentemente um menino normal de apenas 5 anos de idade, mas como a obra é do autor Stephen King, surpresas estão por vir. 

Danny guarda um grande segredo consigo, ele é iluminado, uma pessoa capaz de ver os acontecimentos passados, e que agora se encontra no Overlook, ambiente carregado e tomado por energias do mal que participaram de seus eventos históricos, e com ajuda de Tony, seu amigo imaginário e de Dick Halloran, o chefe de cozinha do hotel, o qual também é iluminado, Danny irá desvendar os mistérios deste local com seus poderes psíquicos, principalmente no quarto 217, e da palavra que mais o assusta: REDRUM. 


No período em que a família reside no hotel, acontecimentos chamam a atenção de Danny e estes se tornam mais frequentes, entre eles: visões de bailes de máscaras no salão do hotel, pessoas fantasiadas, vozes, que aterrorizam o menino, e esse medo, acaba transformando-se em convulsões em razão do trabalho de uma mente sobrecarregada com todas as situações sobrenaturais que rondam o Overlook. As forças malignas do hotel possuem um objetivo? Danny então vai à procura de respostas.

Porém, quando uma grande tempestade de neve chega, já é tarde, pois a mesma prende os três membros da família e as forças do hotel exigem cada vez mais de Jack, fazendo-o se voltar contra a sua própria família e trazer de volta a tona, o seu lado sombrio da época de um  alcoólatra violento, resultando em reviravoltas e revelações surpreendentes quanto ao passado, não só de Jack, mas também de sua família e influências recebidas ao longo de sua carreira que foram responsáveis por seu transtorno comportamental desencadeado no grandioso Overlook.


Achei um livro complexo e que exige atenção, no sentido de fatores interligados, e ao mesmo tempo, envolvente, pois faz com que a curiosidade seja despertada ao final de cada página, também estimula a vontade de saber qual será a próxima descoberta de Danny, o garoto iluminado. 

É a primeira vez que leio uma obra de Stephen King, bem como este gênero, pois sou acostumada a ler romances, como os de Nicholas Sparks. Todo o mistério envolvido e todas as revelações citadas ao longo da trama contribuem ainda mais para uma grande viagem ao mundo da imaginação, ainda mais em um cenário de um luxuoso hotel repleto de suspense e forças malignas. 


Gostei muito da história, bem como a forma utilizada pelo autor para se aproximar com o leitor e despertar o interesse. Espero ter, futuramente, a oportunidade de ler mais obras, não só de Stephen King, assim como outras obras ligadas à essa tipologia textual.

Avaliação


Postagens Relacionadas

7 comentários

  1. Olá! Que saudade! O Iluminado foi um dos primeiros filmes que assisti baseado nos livro do King, um clássico pra mim. Eu amo os escritor no ´´odio e no amor e não são todos o filmes que são bons, mas este, A espera de um Milagre, Quarto 1408 e outros que não me lembro agora, são excelentes, masss não supera ler!

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    A escrita do King é intensa, sempre. Li poucas obras dele, são complexas, e realmente temos de nos ater aos detalhes. Ele é um mestre.

    Gostei da premissa desse livro, fiquei curiosa sobre histórias do passado da família dele. Dica anotada, lista de desejados. XD

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Que livro.... Eu ainda não tive contato com a escrita do King, mas isso não é necessário para saber que ele reina sobre o terror. Confesso que apesar de ter vontade ler algo dele, não sei se esse vai entrar na minha lista. Achei bem macabro e assustador, porém você disse que esse é o primeiro livro que você leu do King e gostou , então talvez eu dê uma chance. Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada do autor, e sinceramente não pretendia ler, mas depois de ler sua resenha até me interessei pelo livro. Eu não sabia o que queria dizer ser um Iluminado, e acabei achando a premissa muito interessante. É o tipo de história em que me assusto mais com filmes que com livros, acho que vou me arriscar na leitura.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Ainda não tive o prazer de ler algo do King, mas sempre ouço os elogios a escrita do autor. Esse livro parece que consegue prender o leitor na dose certa, envolvê-lo em toda a sua narrativa e em todos os pontos. Fiquei com muita vontade de ler a obra, pois essa pegada de duspense e mistério sempre me fascina. Espero ter a oportunidade em breve de ler, sua resenha ficou incrível!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá
    King é mestre mesmo e eu amo esse homem. Esse livro é épico néh, é e será sempre referência do gênero. Os livros do King são bem complexos mesmo e muito interligado exige um pouco mais de atenção, mas com o livro te prende não tem jeito mesmo. Adorei a resenha e a escolha do livro para resenhar
    Beijuh

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já li alguns livros do King e entendo o porque de todos amarem esse autor.
    Gostei muito das suas impressões, mas fiquei intrigada com relação a esse livro, pois os outros que li do autor não achei complexo. Para dizer a verdade, achei eles bem leves perto do que esperava.
    Sua resenha me deixou com a impressão que esse livro é diferente e espero que seja uma leitura que me agrade.
    Beijos

    ResponderExcluir

Total de visualizações de página

Siga-nos pelo email

Formulário de contato